NewsXangô
Press Read more

PSafe Tecnologia é destaque da indústria nacional no desenvolvimento de softwares de segurança digital móvel para Android

Apesar de o Brasil assistir a uma revolução nos mercados de telefonia e internet, reportagem do Jornal Futura revela que nem todos os brasileiros reconhecem a importância de proteger seus celulares contra a ação de vírus. Os aparelhos se proliferaram e são usados para realizar diversas tarefas do dia a dia, como acessar endereços de e-mail e contas bancárias e, com isso, expõem a segurança e privacidade de seus usuários, da mesma forma que quando usam computadores desktops. Por isso, os cuidados devem ser os mesmos. Ou seja, você precisa de um antivírus.

Em 2013, o volume de smartphones comercializados no Brasil superou, pela primeira vez, o número de computadores e celulares comuns vendidos.

“O Brasil é hoje o segundo país mais infectado do mundo e com uma taxa de infecção crescente. O número de ameaças digitais para a plataforma Android já supera o número de vírus desenvolvidos para a plataforma Windows. A PSafe encontra diariamente 18 mil novas ameaças móveis, contra cerca de 14 mil criadas para Windows”, comenta Marco DeMello, CEO da PSafe Tecnologia.

Para saber se seu smartphone Android está infectado por vírus, você pode observar algumas anormalidades, como:

- Celular descarrega muito rápido

- Celular apresenta lentidão excessiva

- Envio de SMS sem necessidade de comando

- Propagandas em janelas pop-ups

- Desempenho diferente do esperado

A PSafe já oferece proteção para computadores Windows e Mac e, também, para celulares Android. “Nosso objetivo é democratizar o acesso à segurança digital para brasileiros e latino-americanos em todos os dispositivos”, conclui Marco DeMello.

A reportagem de Larissa Werneck foi ao ar no Jornal Futura de 28/07/2014 e pode ser conferida no Youtube.

TV Futura 29/7/2014

O portal TechTudo escreveu sobre o problema, criou uma lista de substitutos e destacou recursos exclusivos do PSafe Internet em matéria publicada no dia 23/07/2014.

Problema não tem solução imediata e especialistas recomendam a adoção de um novo browser para navegar na Internet

A bateria do seu notebook não dura muito? A culpa pode ser do seu navegador de internet, caso use o Google Chrome. É o que revela um colaborador da revista Forbes.

O problema está no sistema “system clock tick rate”, responsável pelo intervalo de acionamento de diferentes comandos do sistema operacional, usado para evitar o uso excessivo de energia e voltado a realizar tarefas que requerem grande poder de processamento.

O padrão do Windows trabalha com intervalo de 15,625 milissegundos. Porém, ao acionar o Chrome para navegar na internet, esta taxa baixa a 1 milissegundo, demandando o sistema operacional mil vezes por segundo, contra as 64 vezes pré-programadas, drenando a bateria do laptop e diminuindo a sua vida útil.

A mudança no tempo de acionamento do sistema operacional é normal. O PSafe Internet, navegador seguro da PSafe, que bloqueia anúncios e carrega páginas da web até duas vezes mais rápido que seus concorrentes, funciona de forma dinâmica, reduzindo o tempo de acesso ao sistema em casos específicos, como na visualização de conteúdo audiovisual, garantindo uma excelente exibição de vídeos, por exemplo.

O Chrome, por sua vez, não é inteligente e reduz o tempo de acionamento do sistema assim que aberto, podendo gerar um consumo até 25% superior da bateria do seu computador portátil do que o realmente necessário.

TechTudo 22/7/2014

Em entrevista publicada hoje pelo portal Mobile Time, Marco de Mello, CEO da PSafe e do Grupo Xangô destaca os avanços da Psafe no mercado nacional e latino-americano. A entrevista abordou a nova realidade do mercado de segurança digital, onde o cosumidor não está mais disposto a pagar por um pacote de segurança.

Marco de Mello falou sobre o surgimento da empresa e seu modelo de negócios, metas para 2014, o estudo de uma versão do Psafe Total para Windows Phone e adiantou funções que vão fazer parte do Psafe Total para Android em breve, como a recomendação de apps seguros, o isolamento do smartphone para garantir segurança em compras online e transações bancárias.

18/06/2014 18/6/2014

See more news